+55 66 9999 0321 | +55 66 9626 1602

#35 Comunicação Assertiva

  • comunicação assertiva

#35 Comunicação Assertiva

15/09/2016

 

Olá galerinha, como estão? Espero que todos bem!

Assertividade é um conceito apaixonante, pois ele pode verdadeiramente mudar todos os seus relacionamentos, a sua comunicação. Conheci o conceito lá em 2010, ainda durante a graduação em psicologia, através do livro “Seja assertivo” da Vera Martins, de quem me tornei fã instantaneamente.

Sempre que trabalhei em treinamentos com líderes sobre isso, as pessoas relatam que acabam tendo uma revolução no casamento, nas amizades, tudo isso por causa da comunicação assertiva.

Ao contrário do que muitos pensam, assertividade não diz respeito a acertar, mas a ser firme. Origina-se de asserção, quer dizer afirmar, tornar firme, declarar com firmeza.

 

É quando você se comunica de maneira firme, revelando o seu desejo e respeitando sua vontade sem jamais desrespeitar o outro.

 

A melhor maneira de explicar é comparando 3 tipos de comunicadores:

  • O agressivo
  • O passivo
  • E o Assertivo.

O agressivo é aquele que acredita que tem mais direito que os outros, é rude, dá ordens em tom mal-educado, quer que seja feita a sua vontade e usa de grosseria para isso.

Já o passivo é aquele que sempre engole sapo, com medo de desapontar alguém, ele deixa de lado suas próprias necessidades para atender aos outros. É aquele que está sempre se desculpando, não assume posições, se faz de vítima.

Os dois comportamentos são péssimos no mundo coorporativo, não é mesmo?

 

Já o assertivo é o cara que consegue encontrar equilíbrio entre esses dois extremos. Sua comunicação é firme, nos remete a uma pessoa com autoestima, confiante que se respeita da mesma maneira que respeita aos demais.

O assertivo consegue comunicar suas ideias sem ofender.

 

Quer ver um exemplo prático?

O chefe chega ao sujeito e lhe avisa que vai precisar que ele faça hora extra hoje. Veja a resposta de cada um dos estilos:

Agressivo: “chefe, eu já fiz hora extra ontem e não vou fazer de novo. Peça para que o colaborador x o faça antes que eu desista de trabalhar aqui. ”

Passivo: “tudo bem chefe, eu havia marcado um compromisso, mas não vou desapontá-lo” E assim passa o resto do dia se lamentando internamente por não ter dito não.

Assertivo: “Chefe, sinto muito, mas já marquei um compromisso hoje e não poderei fazer hora extra. Numa próxima oportunidade estarei disponível. ”

 

Quando você é assertivo e diz o que realmente gostaria, o outro pode não responder bem. Por exemplo, seu chefe pode tornar-se agressivo, porém, você precisa manter sua comunicação firme. No caso, quem não está sendo assertivo é ele, pois é totalmente compreensível que o colaborador não possa fazer hora extra em algum momento.

Ser assertivo tem a ver com maturidade, e não estou me referindo a idade, mas sim a autoconhecimento. Quando mais você é capaz de se entender, saber porque certas situações tiram você do sério por exemplo, maior será sua habilidade em controlar suas emoções.

Identificar em sua comunicação traços de agressividade ou de passividade é o primeiro passo.

 

E o que o RH tem a ver com isso? TUDO.

 

A comunicação truncada é a maior causa de problemas nas empresas, é um chefe que não diz exatamente o que deveria dizer ao colaborador, é colega engolindo sapo por coisas que o colega fez, enfim. Quanto mais clara for a informação em todos os setores da empresa, menos casos de fofoca e interpretações erradas teremos.

Cuidar da comunicação faz parte do bem-estar dos funcionários, o que vai interferir na produtividade, na qualidade do serviço que eles realizam.

Organize um workshop aí na empresa e coloque os líderes e suas equipes para discutir sobre assertividade. Comprem o livro da Vera Martins e disponibilizem na biblioteca da empresa. Contratem alguém para trabalhar a comunicação assertiva com vocês. Sejam criativos, mas não deixem de trabalhar esse conceito por ai.

Entra la no nosso grupo do facebook facebook.com/groups/maxximizando

Vamos trocar umas ideias sobre comunicação, o que vocês já implantaram o que deu certo e o que não. Vamos aprender uns com os outros?

Em nosso site tem mais conteúdo de RH maxximize.com.br

Um beijo e até o próximo!